O que ninguém sabe, ninguém estraga… preserve seus planos dos olhares curiosos!

por Ana Macarini

Já te aconteceu de estar prestes a concretizar um sonho, receber aquela resposta de trabalho ou aquela tão esperada boa notícia e…apesar de tudo parecer estar se encaminhando para um desfecho feliz, de repente– sem motivo aparente -, a coisa desanda e seus sonhos vão para o ralo?

Você já parou para pensar no porquê dessa reviravolta repentina contra você?

Pois saiba que, grande parte dos projetos acaba não decolando porque justamente quem não precisava saber de seus planos acabou tendo acesso a eles e, seja sem intenção maldosa ou com ela, secou sua sementinha com a forçado pensamento.

Inveja é igual celulite: todo mundo tem, mas ninguém quer ter, finge não ter ou fica buscando jeitos milagrosos de acabar com ela. Pare por um instante e reflita… Reflita e admita, você mesmo já sentiu inveja certo? Ora, ora… tudo bem! A inveja faz parte da natureza humana. Em verdade, seria muito mais bonito se a gente admitisse tê-la e, a partir dessa admissão, procurar administrá-la para torná-la menos poderosa e, portanto, menos danosa.

Mas… voltando aos planos fracassados. Muitas vezes nem évocê que compartilha a notícia com alguém; por exemplo, você está esperando aresposta de um trabalho. Então, alguém envolvido nisso acaba comentando comoutro alguém que (por acaso), te conhece. Esse tal alguém pode fazer algumpequeno comentário como “Sério que fulana se candidatou a este cargo? Queestranho!”, ou “Nossa, mas fulano parecia tão feliz no seu atual trabalho”.Pronto! Se havia alguma dúvida sobre a sua contratação… já era.

Outras vezes, você mesmo não aguenta segurar a onda e acaba soltando um comentário do tipo “Ah, comecei a guardar uma graninha para trocar de carro!”, ou “Ahhh, ano que vem vou fazer aquela viagem para a Europa!”. E pode ser que a pessoa que escuta seus planos pense que “Pra quê gastar dinheiro trocando de carro, afinal o seu ainda está tão bom!”, ou “Puxa vida! Será que só eu que nunca fui para a Europa, vou acabar não indo antes de fulano”.

Energia é uma coisa poderosa, sabia? Assim como pode levantar uma pessoa, pode igualmente derrubá-la.

E pode ser que neste exato momento você esteja pensando que “Será possível mesmo que todo mundo é tão mesquinho? Será que não se pode confiar em ninguém? Será que nem meu melhor amigo ou amiga querem o meu bem?”.

Veja… não é nada disso! Muitas vezes o outro pode até mesmo estar querendo te proteger. Supondo que você conheceu uma pessoa nova e anda meio caidinha, com vontade de investir na relação. E vai que por uma incrível coincidência isso acaba indo parar nas orelhas de alguém que realmente te quer bem e tem más referências do seu affair. Pronto! Vai torcer para você se desencantar ou desencanar. Pode até chegar a se abrir com você sobre os antecedentes do crush. Aí… já viu, né? E pode ser que fosse uma encrenca mesmo. Mas, também, pode ser que não.

Pelo sim, pelo não… planos são coisinhas sagradas, frágeis e perecíveis. Por isso, não custa nada mantê-los à salvo da profanação dos conselhos alheios, embrulhados em plástico bolha para livrá-los de quebras, e refrigerados para que não azedem, mesmo antes de se tornarem doces. Concorda?

Imagem: Google

Deixe uma resposta

*