O poder que trazemos dentro de nós…

Por Karen Padilha

 

“O amor a alguém é uma barbaridade pois é exercido à custa do amor a todos os demais. Também o amor a Deus.” – Friedrich Nietzsche

Amar sem esperar nada em troca é uma das coisas mais difíceis de se fazer não é mesmo?

 Amamos esperando que nos amem da mesma maneira ou até mesmo mais que isso,  mas o amor deve ser dado sem que se espere nada em troca, pois é um sentimento tão puro e singelo que deve ser dado com louvor, com singularidade aos demais, pois o amor nada se cobra em troca tampouco se espera, pois o amor por si só se faz esse trabalho de nos dar algo em troca quando nós amamos sem esperar, o amor é divino e pode nos fazer voar mesmo em terra, quando amamos da maneira certa.

Devemos amar aos outros, mas antes disso, é imprescindível que amemos a nós próprios primeiramente.

Todavia se não o fizermos, não conheceremos o verdadeiro amor, pois se não sabemos como amar a nós mesmos, como podemos então saber como amar outro indivíduo?

“Uma alma que se sabe amada, mas a si mesma não ama, trai seu sedimento: o que ela possui de mais submerso emerge.”-   Friedrich Nietzsche

As pessoas não sabem, ou sabem e não querem acreditar, mas o amor é a força mais poderosa e ainda assim desconhecida no mundo. O amor pode transformar qualquer coisa, pessoa, situação. O amor é um poder que trazemos dentro de nós assim quando nascemos, esse poder puro e lindo continua dentro de nós e continuará para sempre! Cabe a nós descobri-lo e começar a fazê-lo agir a nosso favor. Mas, como?.

Fazer todas as coisas que pudermos com amor, amar as pessoas que são próximas a nós, sem esperar  nada em troca, pois, como falei, o amor trabalha por si próprio.

Como costumo dizer também o amor e a gratidão andam de mãos dadas , então, fazer todas as coisas com gratidão, ser grato por tudo que se tem, e o que não tem também.

Pode fazer um exercício de visualização, visualizar o que você quer, ser grato por isso e em seguida sentir amor por ter isso. Esse é um exercício que funciona e está citado no livro “The Magic” de ‘Rhonda Bryne”, autora de “The Secret”, também.

A gratidão e o amor são dois poderes que temos em nossas vidas que podem simplesmente mudar tudo, o mais importante de tudo é acreditar.

 

Karen Padilha

Karen Padilha natural de Cotia-sp , formada em Introdução a Filosofia ( University of Edinburg – Londres), Introdução a Psicologia ( University of Toronto), Origens da vida no contexto cósmico (USP) e Inglês ( Mayfair School of English- Londres). Áreas como filosofia, psicologia e astronomia são fontes de inspiração para seus projetos.

Acabou de de escrever seu primeiro livro que, em breve, estará disponível nas livrarias: ‘’ O que fizeram de mim? Reflexões sobre traumas e transformações” .

Deixe uma resposta

*